Ensaio da Old Stock Race leva Interlagos de volta aos anos 70

O robusto ronco dos motores ecoando em Interlagos n√£o deixou d√ļvidas: os Opalas est√£o mesmo de volta. E, pelo interesse que o shakedown da categoria despertou no ber√ßo do automobilismo nacional, os carros do novo evento retr√ī das pistas brasileiras vieram para ficar. Opaleiros, colecionadores de carros, mec√Ęnicos, chefes de equipe, pilotos que escreveram a hist√≥ria do esporte a motor no Brasil e outros que atualmente brilham nas principais categorias do pa√≠s eram un√Ęnimes nos elogios ao primeiro treino coletivo da nova categoria.

Old Stock Race

A Old Stock Race compete com Opalas da gera√ß√£o 1979 -como os do primeiro campeonato da Stock Car-, constru√≠dos com o mesmo motor aspirado 4.100 em blocos de seis cilindros e 300 HP do Chevrolet Opala 1979. A Sigma Sport Car desenvolveu um sistema de freios a disco nas quatro rodas espec√≠fico para a categoria. O c√Ęmbio √© id√™ntico ao das picapes Chevrolet S10, com cinco marchas, diferencial autoblocante Eaton e pneus radiais.

Beto Monteiro, Zé Bala e Marcos Gomes

O piloto do Opala numeral 59 na Old Stock Race será José Roberto Machado Oliveira (Zé Bala), diretor da EMEE Energia e Guarde Mais, que na imagem acima aparece ladeado pelo bicampeão da Fórmula Truck Beto Monteiro e Marcos Gomes, líder da Stock Car 2015.

Old Stock Race

Neste sábado, além dos dez carros que realizaram o shakedown, houve exposição dos Opalas que estão em estágio final de construção e de modelos de rua de colecionadores.

A Old Stock Race planeja sua primeira corrida para o segundo semestre de 2015.

Imagens: Divulgação